Caixa eleva juro de financiamento imobiliário pela segunda vez

Caixa eleva juro de financiamento imobiliário pela segunda vez

casas para alugar em londrina

Após 3 meses do último reajuste, a Caixa voltou a subir os juros nos casos de financiamento de imóveis residenciais contratados com recursos da poupança.

De acordo com as imobiliárias, a Caixa disse que a elevação dessa taxa ocorreu por conta do aumento da taxa básica de juros, a Selic.

Desde meados de abril, data do último aumento da Caixa, a taxa Selic, fixada pelo Banco Central, passou de 12,75% para 14,25%.

O reajuste foi de 0,3% em todas as modalidades de financiamento imobiliário para correntistas. A taxa balcão, destinada aos clientes não correntistas, subiu de 9,15% para 9,45% ao ano. Os financiamentos contratados pelo programa Minha casa, Minha vida, não sofrem reajuste. Os juros para a compra de imóveis comerciais também foram elevados.

A Caixa é responsável por 70% do crédito imobiliário no país e a mudança terá impacto nos juros dos demais bancos e no ritmo de atividade da construção civil.

O setor imobiliário tem sofrido muito com a queda de rendimento dos brasileiros, a queda da demanda por imóveis e a menor disponibilidade de recursos ofertados pelos bancos para concessão de crédito imobiliário.